top of page

Ônibus da Caio têm circulação de ar superior à exigida pela ABNT

A encarroçadora Caio divulgou, em maio, estudos comprovando que a circulação do ar dentro dos ônibus de sua marca é 63% superior à exigida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Nos cálculos do volume interno útil para cada modelo de ônibus, são considerados apenas os exaustores e os ventiladores, sem incluir as poltronas e outros equipamentos internos, bem como as trocas de ar efetuadas por ar-condicionado, janelas, alçapões e tomadas de ar natural que compõem cada unidade. Os estudos levaram em consideração a capacidade máxima dos ônibus e a variação da condição do veículo estático e dinâmico, bem como das velocidades. Assim, as trocas de ar, considerando apenas os exaustores e ventiladores, chegam a 33% acima do estabelecido por norma e 63% acima do estabelecido para ambientes como escritórios, bancos e supermercados.

Os documentos divulgados pelo fabricante de ônibus são importantes neste período de pandemia da Covid-19, que exige das pessoas uso de máscaras de proteção, distanciamento de pelo menos 1,5m e, principalmente, evitar ambientes fechados ou com baixa circulação de ar. Todos os veículos com carroceria Caio estão alinhados e até superam as recomendações de renovação de ar estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento e Ar-condicionado (ASHRAE).

Esta é mais uma razão para que o Grupo JAL reforce, junto a seus clientes, a orientação de manter as janelas dos ônibus abertas, quando as mesmas não forem lacradas para garantir que a renovação do ar possa ocorrer mais rapidamente do que em ambientes fechados e proporcionar um veículo mais seguro e limpo.

Posts recentes

Ver tudo

O rodoviário é essencial. Agora todos sabem

Comemoramos, em julho, no dia 25, o Dia do Rodoviário. Nós, que integramos esta classe de trabalhadores, sempre soubemos da importância de nossa atividade para a sociedade. Não há um dia sequer em que

Comments


bottom of page