top of page

2023: um ano cheio de expectativas e esperança para o setor de transporte público



O ano de 2023 chegou cercado de expectativas para o Brasil, tanto no aspecto econômico como social. Como parte integrante e fundamental da economia do País, o setor de mobilidade urbana também tem seus anseios quanto ao novo ano. Após longo período de intensa crise, agravada pela pandemia da Covid-19, o transporte coletivo do estado do Rio de Janeiro e do Brasil, em geral, vislumbra dias melhores.


A Covid, apesar de toda tragédia causada, que resultou na morte de quase 700 mil brasileiros, abriu os olhos do poder público quanto à necessidade de definir fontes de custeio para subsidiar o setor de transporte público, cuja perda chegou a cerca de R$ 30 bilhões, nos dois anos da pandemia. Várias prefeituras e governos estaduais passaram a fornecer subsídios para as empresas operadoras poderem continuar prestando seus serviços à população.


No âmbito federal, foram destinados, no final do ano passado, para o transporte público (ônibus, trem, metrô) de todo o Brasil, R$ 2,5 bilhões, referentes ao ressarcimento de gratuidades de idosos concedidas nos anos de 2019, 2020 e 2021. Os recursos foram pagos aos estados e municípios, que fizeram a distribuição para as operadoras. O benefício foi essencial para evitar a falência total de muitos sistemas de ônibus, contribuindo para garantir, em algumas empresas, o pagamento de fornecedores e do 13º salário dos funcionários.


A permanência, de forma definitiva, desse tipo de subsídio é crucial para a manutenção dos serviços de transporte público e tem sido motivo de luta do setor há décadas. Uma mudança de visão, tanto na ótica do poder público como da população, sobre a necessidade de custeio de gratuidades, bem como do financiamento da tarifa pelas prefeituras e estados, a partir da separação entre tarifa de remuneração (técnica) e tarifa pública, é o que o setor espera para 2023.


A expectativa do segmento de mobilidade urbana gira em torno também da aprovação do novo marco legal do transporte público, que traz os três pilares fundamentais para o sistema – qualidade e produtividade, financiamento e regulamentação de contratos. Dessa forma, o setor como um todo poderá voltar a investir mais intensamente na melhoria dos serviços e da satisfação dos clientes. Que bons ventos soprem pelas janelas dos nossos ônibus.


O Grupo JAL deseja um 2023 de esperança e de muitas conquistas para todos os brasileiros e brasileiras e para você, nosso colaborador, e sua família. Queremos continuar ao seu lado, construindo o melhor serviço de transporte do estado do Rio de Janeiro.

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page