top of page

Dia Mundial do Meio Ambiente focará nas soluções para a poluição plástica


O Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), criado pela Assembleia Geral da ONU, comemora, este ano, seu 50º aniversário e terá como tema “Soluções para a poluição plástica”.


A República de Côte d’Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim, será a sede para a celebração internacional da data. O país proibiu o uso de sacolas plásticas em 2014 e apoiou a mudança para embalagens reutilizáveis. Sua maior cidade, Abidjan, é um centro para startups que buscam vencer a poluição por plásticos.


Em todo o mundo, são produzidas mais de 400 milhões de toneladas de plástico por ano, sendo a metade desse material para ser usado apenas uma vez e 91% não são recicláveis. A estimativa é que entre 19 e 23 milhões de toneladas de plástico por ano vão parar nos mares, rios e lagos e a previsão é que esse número triplique até 2040. Só o Brasil tem risco de lançar ao mar 3,4 milhões de toneladas de plástico por ano. Atualmente, cerca de 50% do lixo encontrado nos mares brasileiros são compostos por garrafas PET, sacolas plásticas, canudos, entre outros.


O prejuízo provocado por produtos plásticos vai além do ambiental. Esse tipo de lixo contamina também animais e pessoas, causando danos à saúde humana e à biodiversidade. Estudos indicam que o ser humano está ingerindo microplásticos - pequenas partículas do plástico -, que acabam nos alimentos, como peixes e frutos do mar, na água e no ar. Cada pessoa consome mais de 50 mil partículas de plástico por ano, sem considerar as que são inaladas.



Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page