top of page

Novembro Azul: Grupo JAL faz campanha pela prevenção do câncer de próstata

O movimento Novembro Azul, apoiado pelo Grupo JAL desde 2014, esteve em evidência nas mídias do Grupo durante todo o mês de novembro. Voltado para a conscientização sobre a prevenção e combate ao câncer de próstata, teve como tema “Homem que se cuida tem atitude! Valorize a sua vida!”.

Uma campanha educativa foi veiculada nas redes sociais (Facebook e Twitter) da Flores e Real Rio, através da postagem de cards, com informações sobre os primeiros sinais da doença, idade ideal para a realização dos exames de diagnóstico, bem como dicas de alimentação que ajudam na prevenção do câncer de próstata. Cada post era acompanhado das hashtags #prevencao, #novembroazul e #secuide. Além disso, foram produzidos banners sobre o movimento, para as imagens de capa das duas redes sociais. O conteúdo da campanha também foi veiculado nas Tvs corporativas do Grupo, que exibiram ainda os vídeos “Câncer de próstata: como se prevenir?” e “Novembro Azul”. E os informativos foram enviados, através do Whatsapp, para todos os colaboradores, e exibidos nas telas para power point e no terminal de consulta.  O site da Flores também dedicou espaço para a campanha do Novembro Azul.

No dia 22 de novembro, os colaboradores foram incentivados a trabalhar vestindo roupas azuis, em homenagem ao movimento, e usando os adesivos, com o tema da campanha, que foram distribuídos para todos os colaboradores.

A TTA também embarcou no Novembro Azul e promoveu, dia 8, palestra sobre câncer de próstata, ministrada pelo administrador de empresas e MBA em gestão de pessoas, Joaquim Paz, da Associação dos Amigos da Mama. Paz, que já teve câncer de mama, contou sua experiência e ressaltou a importância do diagnóstico precoce.

Sobre o Novembro Azul e o câncer de próstata

O Novembro Azul foi lançado no Brasil em 2011, pelo Instituto Lado a Lado pela Vida. Ele é inspirado no movimento australiano Movember (Moustache/November, em livre tradução Bigode/Novembro) e na campanha internacional Outubro Rosa, para o câncer de mama.

O câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens brasileiros, atrás apenas do câncer de pele. Anualmente, são registrados 68 mil novos casos e 13 mil mortes causadas por esse tipo de tumor, no País. Mesmo com as constantes campanhas de prevenção e alerta para a realização dos exames que podem detectar o câncer de próstata em estágio inicial, muitos homens com idade a partir de 45 anos ainda relutam em seguir as recomendações. Falta de informação, preconceito e vergonha são algumas das razões que levam o público masculino a deixar de lado procedimentos simples, rápidos, indolores e fundamentais para identificar a doença em estágio inicial. O tratamento para quem identifica precocemente o câncer de próstata chega a índice de cura de até 90%.

Comentarios


bottom of page