top of page

NTU lança campanha contra o assédio no transporte coletivo

A NTU também entrou na luta contra o assédio à mulher nos ônibus e lançou, em março, a primeira campanha nacional de prevenção da violência contra a mulher e do abuso sexual no transporte coletivo. A campanha “Ônibus é lugar de respeito! Chega de abusos!” é voltada para passageiros, motoristas e cobradores.

Os materiais de campanha incluem cartazes, folhetos para distribuição a bordo e nos terminais de passageiros, busdoor, com a opção de conteúdo para uso interno e externo, e adesivação dos veículos, cards de redes sociais entre outros. Além disso, o Sest Senat, parceiro na iniciativa, desenvolverá um curso para motoristas e cobradores sobre como lidar melhor com casos de assédio a bordo; o curso conta com a parceria do Fundo de População da ONU (UNFPA) e estará disponível no segundo semestre de 2018.

Em outubro do ano passado, o Grupo JAL lançou a campanha “O ônibus é público, meu corpo não”, para combater o assédio sexual contra mulheres dentro dos ônibus, conscientizando motoristas, cobradores e clientes sobre como agir em casos de assédio.

A ação se deu através de blitzes e da entrega de panfletos ao público passante e de porta-cartão para as mulheres. Os panfletos continham informações sobre o que é assédio sexual e sobre como as pessoas podem denunciar o crime, bem como os telefones da Central de Atendimento à Mulher e de algumas delegacias de Atendimento à Mulher na Baixada Fluminense, Zona Oeste e Centro do Rio. Já os portas-cartões de RioCard e Bilhete Único, traziam o slogan da campanha e os telefones das delegacias.

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page