top of page

Projeto “Cultura em Movimento” leva peça infantil ao Terminal do Méier

O projeto “Cultura em Movimento” levou, para o terminal Américo Ayres, no Méier, dia 22 de agosto, peça de teatro sobre a famosa história de “Chapeuzinho Vermelho”. O evento reuniu crianças e adultos de todas as idades, em duas apresentações – às 10h e às 14h -, ambas gratuitas.

Quem esteve presente também pôde conhecer mais um pouco sobre o projeto, lançado pela Flores em fevereiro passado e que consiste em uma biblioteca itinerante, adaptada em uma cabine dupla, antes utilizada para o trabalho do controlador operacional, que está percorrendo terminais de ônibus das localidades atendidas pela empresa.

Além de assistir a peça e conhecer a biblioteca, podendo pegar livros emprestados, o público também participou de brincadeiras. “A ideia é levar cultura e distração aos clientes. Queremos resgatar um sentimento de infância em quem cresceu ouvindo e lendo “Chapeuzinho Vermelho” e fazer com que a nova geração mantenha o hábito da leitura”, conta Cristina Gullo, supervisora de Desenvolvimento Humano da Transportes Flores.

O projeto “Cultura em Movimento” visa estimular a leitura dos clientes da Flores e do público em geral que circula pelos terminais de ônibus com linhas operadas pela empresa. Entre fevereiro e abril, a biblioteca itinerante esteve no Terminal de Nova Iguaçu, onde 838 livros foram emprestados. No Méier, desde maio, já foram mais de 700 livros emprestados. Para se tornar “sócio” da biblioteca, basta preencher um formulário com nome e endereço de e-mail no local onde o projeto estiver funcionando. O objetivo é que as pessoas passem a adotar a leitura, principalmente durante suas viagens de ônibus.

Os livros são doados por parceiros da Flores, pela Biblioteca Nacional e pelas editoras Arqueiro, Folio Digital, Hexis Editora, Arquimedes Edições e Sextante. Mas, qualquer pessoa pode doar ou até trocar livros na biblioteca.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page