top of page

Três a cada dez mulheres já sofreram violência doméstica


Os dados da 10ª Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher, feita em 2023, pelo Instituto DataSenado, em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência (OMV), mostram que três a cada dez mulheres já foram vítima de violência doméstica.


O levantamento é realizado a cada dois anos, com mulheres de todo o Brasil, desde 2005, ano em que forneceu informações para a elaboração da Lei Maria da Penha. Ano passado, 21 mil mulheres, número recorde, responderam à pesquisa.


Os números revelam que a violência psicológica é a mais recorrente (89%), seguida pela moral (77%), física (76%), patrimonial (34%) e sexual (25%). As mulheres com menor renda são as que mais sofrem violência física, segundo o estudo. Além disso, 52% das mulheres agredidas revelaram que o ato foi praticado pelo marido ou companheiro, e 15%, pelo ex-marido, ex-namorado ou ex-companheiro.


A pesquisa mostra ainda que a primeira experiência de violência doméstica vivenciada pela maior parte das vítimas acontece entre 19 e 24 anos. E aponta que cada vez mais mulheres procuram ajuda e a maior parte tem conseguido terminar casamentos e namoros abusivos e violentos. No entanto, a falta de delegacias da mulher em muitas cidades dificulta o acesso às denúncias, que acabam sendo realizadas em delegacias não especializadas.

Commenti


bottom of page